Uber gratuito e academia paga: novos benefícios para funcionários

Uber gratuito e academia paga: novos benefícios para funcionários

Especialistas defendem benefícios de acordo com interesse do funcionário

Crédito para Uber e pagar a academia do funcionário podem ser benefícios oferecidos por empresas do Espírito Santo. Administradores especialistas em Gestão de Pessoas explicam que, cada vez mais, é necessário revisão na política de retenção de talentos. “Por isso, conceder benefícios de forma mais flexível e contextualizada com o interesse do colaborador pode significar, sim, a permanência dele no trabalho”, explicou a administradora integrante da Câmara Temática de Recursos Humanos do Conselho Regional de Administração do Espírito Santo (CRA-ES), Neidy Christo.

Segundo ela, os benefícios tradicionais como auxílio creche, plano de saúde e tíquete refeição não perdem espaço. “O que vem sendo proposto é inserir novas possibilidades para que o funcionário usufrua da vantagem dentro do seu interesse. Do que adianta oferecer auxílio creche para colabores sem filhos ou tíquete refeição para quem leva marmita? Adequação parece ser uma palavra importante na política de Recursos Humanos dos próximos anos”, opinou a administradora.

Por isso, “será que não seria o caso de ofertar um valor em crédito para o Uber ou custear uma parte da mensalidade da academia? Essa flexibilidade e a contextualização do benefício transmite ao funcionário a mensagem de que a empresa está atenta ao que importa para ele”, acrescentou a Adm. Neidy Christo.

Logo, se o funcionário entende sua relevância para a empresa, para além da cobrança por bater metas, naturalmente ele vai aumentar sua produtividade. “Os estudos na área de Gestão de Pessoas mostram isso. Quanto mais satisfeito, mais produtivo é o colaborador”, acrescentou.